• Categories
  • COOL de “A” a “Z”

    Consultório Sentimental do Dr. Renzo – Edição Internacional

    (Traduzido com o Google Tradutor, já que Renzo Mora, nosso terapeuta, é monoglota – além de não ser terapeuta porra nenhuma)

    Dear Renzo:
    Many people me veem apenas como uma estrela, com um passado meio complicadinho, que inclui uns pegas com meu irmão. Ah, tinha umas substâncias ilícitas in the parade também. Acho que eu tenho uns Daddy Issues mal resolvidos também. Briguei muito com meu pai, um veterano ator. Daí depois namorei com um ator conhecido por ser feio pra pennis. Daí achei que merecia alguém mais bonitinho. Foi uma fase. Teve uma moda aqui em Hollywood que era casar com gente horrível. Daí a Julia Roberts se separou do Lyle Lovett, a moda foi se esgotando, dei um pé in the ass do Billy Bob Thorton e peguei um cara mais bonitinho. Imagina que antes de mim ele estava casado com uma atriz de TV!!! Olha do que eu livrei o cara. Daí casamos e adotamos umas crianças multirraciais para combinar com a decoração de nossa mansão em Beverly Hills. As crianças são very pretty e um dia ainda aprendo o nome de todas elas. O que os people don’t know, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração. Uma estrela vive de paixões. Imagina que o garoto bonitinho deu pra passar o dia emaconhado e bêbado. Outro dia peguei ele curtindo as fotos da Jennifer Aniston no TMZ. Ah, go fuck yourself in the ass with an avocado! Daí a gente tava no avião e o cara só nas maconha. Daí brigamos e ele respondeu mal para uma das children, uma menorzinha que eu não sei o nome. Não a que virou dike, tipo small shoe, uma outra.
    Descemos na pista mais próxima e botei o vagabundo na pista. Mas sinto falta dele. Ele concordou em participar do meu filme By the Sea. Você viu? Não. É, ninguém viu essa porra, mas era meu projeto como diretora e ele me dava corda (embora precisasse se emaconhar antes, o vagabundo). Como eu faço para ganhar ele de volta?
    E se eu resolver voltar para os caras mais mal-acabados, tipo o Billy Bob, você está disponível?
    Me liga aí.
    Tua,
    A.J., Hollywood

    Cara A.J.
    Vai comer um chocolate que quem gosta de osso é cachorro.
    Renzo

    Caro Renzo
    Muitos me veem apenas como uma übermodel de origem latina (prefiro não falar de onde sou), que consegue andar com perfeição de um lado para o outro da passarela sem tropeçar e soltando puns absolutamente silenciosos. Eu estive aí na tua terra nas Olimpíadas. Pois bem, eu namorava com um anãozinho que fez sucesso em Hollywood. Ele fazia o cara em um navio que afundava ao lado de uma gordinha. Pois bem, o cara era o maior galinha e dei um kick in the ass do cara. Daí casei com um jogador de futebol. Futebol mesmo, não essa porra que vocês jogam, o soccer, e que só tem gente feia quinem o Neymar. Pois bem, tudo na maior maravilha – e eis que o filho da puta me aparece no avião com uma cunt nanny no jatinho de Ben Affleck, aquele porra – e a cow ainda usando os anéis do Super Bowl do filho da puta – que nem eu posso usar.
    Como eu faço para assegurar sua fidelidade? Ou pelo menos usar os anéis do puto? Cansei de ser corneada. Em Horizontina isso não acontecia.
    Kisses, Dear
    G. B., Victoria’s Secret

    Cara G. B.
    Vai comer um chocolate que quem gosta de osso é cachorro.
    Renzo

    Observação: Renzo Mora não é terapeuta licenciado. De fato, desconfiamos que ele seja portador de sérios transtornos mentais. Ninguém deve buscar seu aconselhamento.

    Consultório Sentimental do Dr. Renzo – Edição Internacional

    (Traduzido com o Google Tradutor, já que Renzo Mora, nosso terapeuta, é monoglota – além de não ser terapeuta porra nenhuma)

    Dear Renzo:
    Many people me veem apenas como uma estrela, com um passado meio complicadinho, que inclui uns pegas com meu irmão. Ah, tinha umas substâncias ilícitas in the parade também. Acho que eu tenho uns Daddy Issues mal resolvidos também. Briguei muito com meu pai, um veterano ator. Daí depois namorei com um ator conhecido por ser feio pra pennis. Daí achei que merecia alguém mais bonitinho. Foi uma fase. Teve uma moda aqui em Hollywood que era casar com gente horrível. Daí a Julia Roberts se separou do Lyle Lovett, a moda foi se esgotando, dei um pé in the ass do Billy Bob Thorton e peguei um cara mais bonitinho. Imagina que antes de mim ele estava casado com uma atriz de TV!!! Olha do que eu livrei o cara. Daí casamos e adotamos umas crianças multirraciais para combinar com a decoração de nossa mansão em Beverly Hills. As crianças são very pretty e um dia ainda aprendo o nome de todas elas. O que os people don’t know, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração. Uma estrela vive de paixões. Imagina que o garoto bonitinho deu pra passar o dia emaconhado e bêbado. Outro dia peguei ele curtindo as fotos da Jennifer Aniston no TMZ. Ah, go fuck yourself in the ass with an avocado! Daí a gente tava no avião e o cara só nas maconha. Daí brigamos e ele respondeu mal para uma das children, uma menorzinha que eu não sei o nome. Não a que virou dike, tipo small shoe, uma outra.
    Descemos na pista mais próxima e botei o vagabundo na pista. Mas sinto falta dele. Ele concordou em participar do meu filme By the Sea. Você viu? Não. É, ninguém viu essa porra, mas era meu projeto como diretora e ele me dava corda (embora precisasse se emaconhar antes, o vagabundo). Como eu faço para ganhar ele de volta?
    E se eu resolver voltar para os caras mais mal-acabados, tipo o Billy Bob, você está disponível?
    Me liga aí.
    Tua,
    A.J., Hollywood

    Cara A.J.
    Vai comer um chocolate que quem gosta de osso é cachorro.
    Renzo

    Caro Renzo
    Muitos me veem apenas como uma übermodel de origem latina (prefiro não falar de onde sou), que consegue andar com perfeição de um lado para o outro da passarela sem tropeçar e soltando puns absolutamente silenciosos. Eu estive aí na tua terra nas Olimpíadas. Pois bem, eu namorava com um anãozinho que fez sucesso em Hollywood. Ele fazia o cara em um navio que afundava ao lado de uma gordinha. Pois bem, o cara era o maior galinha e dei um kick in the ass do cara. Daí casei com um jogador de futebol. Futebol mesmo, não essa porra que vocês jogam, o soccer, e que só tem gente feia quinem o Neymar. Pois bem, tudo na maior maravilha – e eis que o filho da puta me aparece no avião com uma cunt nanny no jatinho de Ben Affleck, aquele porra – e a cow ainda usando os anéis do Super Bowl do filho da puta – que nem eu posso usar.
    Como eu faço para assegurar sua fidelidade? Ou pelo menos usar os anéis do puto? Cansei de ser corneada. Em Horizontina isso não acontecia.
    Kisses, Dear
    G. B., Victoria’s Secret

    Cara G. B.
    Vai comer um chocolate que quem gosta de osso é cachorro.
    Renzo

    Observação: Renzo Mora não é terapeuta licenciado. De fato, desconfiamos que ele seja portador de sérios transtornos mentais. Ninguém deve buscar seu aconselhamento.

    [ssba]

    Consultório Sentimental do Dr. Renzo – Edição Internacional

    (Traduzido com o Google Tradutor, já que Renzo Mora, nosso terapeuta, é monoglota – além de não ser terapeuta porra nenhuma)

    Dear Renzo:
    Many people me veem apenas como uma estrela, com um passado meio complicadinho, que inclui uns pegas com meu irmão. Ah, tinha umas substâncias ilícitas in the parade também. Acho que eu tenho uns Daddy Issues mal resolvidos também. Briguei muito com meu pai, um veterano ator. Daí depois namorei com um ator conhecido por ser feio pra pennis. Daí achei que merecia alguém mais bonitinho. Foi uma fase. Teve uma moda aqui em Hollywood que era casar com gente horrível. Daí a Julia Roberts se separou do Lyle Lovett, a moda foi se esgotando, dei um pé in the ass do Billy Bob Thorton e peguei um cara mais bonitinho. Imagina que antes de mim ele estava casado com uma atriz de TV!!! Olha do que eu livrei o cara. Daí casamos e adotamos umas crianças multirraciais para combinar com a decoração de nossa mansão em Beverly Hills. As crianças são very pretty e um dia ainda aprendo o nome de todas elas. O que os people don’t know, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração. Uma estrela vive de paixões. Imagina que o garoto bonitinho deu pra passar o dia emaconhado e bêbado. Outro dia peguei ele curtindo as fotos da Jennifer Aniston no TMZ. Ah, go fuck yourself in the ass with an avocado! Daí a gente tava no avião e o cara só nas maconha. Daí brigamos e ele respondeu mal para uma das children, uma menorzinha que eu não sei o nome. Não a que virou dike, tipo small shoe, uma outra.
    Descemos na pista mais próxima e botei o vagabundo na pista. Mas sinto falta dele. Ele concordou em participar do meu filme By the Sea. Você viu? Não. É, ninguém viu essa porra, mas era meu projeto como diretora e ele me dava corda (embora precisasse se emaconhar antes, o vagabundo). Como eu faço para ganhar ele de volta?
    E se eu resolver voltar para os caras mais mal-acabados, tipo o Billy Bob, você está disponível?
    Me liga aí.
    Tua,
    A.J., Hollywood

    Cara A.J.
    Vai comer um chocolate que quem gosta de osso é cachorro.
    Renzo

    Caro Renzo
    Muitos me veem apenas como uma übermodel de origem latina (prefiro não falar de onde sou), que consegue andar com perfeição de um lado para o outro da passarela sem tropeçar e soltando puns absolutamente silenciosos. Eu estive aí na tua terra nas Olimpíadas. Pois bem, eu namorava com um anãozinho que fez sucesso em Hollywood. Ele fazia o cara em um navio que afundava ao lado de uma gordinha. Pois bem, o cara era o maior galinha e dei um kick in the ass do cara. Daí casei com um jogador de futebol. Futebol mesmo, não essa porra que vocês jogam, o soccer, e que só tem gente feia quinem o Neymar. Pois bem, tudo na maior maravilha – e eis que o filho da puta me aparece no avião com uma cunt nanny no jatinho de Ben Affleck, aquele porra – e a cow ainda usando os anéis do Super Bowl do filho da puta – que nem eu posso usar.
    Como eu faço para assegurar sua fidelidade? Ou pelo menos usar os anéis do puto? Cansei de ser corneada. Em Horizontina isso não acontecia.
    Kisses, Dear
    G. B., Victoria’s Secret

    Cara G. B.
    Vai comer um chocolate que quem gosta de osso é cachorro.
    Renzo

    Observação: Renzo Mora não é terapeuta licenciado. De fato, desconfiamos que ele seja portador de sérios transtornos mentais. Ninguém deve buscar seu aconselhamento.

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/consultorio-sentimental-do-dr-renzo-edicao-internacional/"]

    Consultório Sentimental do Dr. Renzo – Edição Celebridades

    Caro Renzo:
    Muitos me veem apenas como uma estrela, com pouca paciência para iniciantes. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração.
    Minha sede de amor nunca é aplacada.
    Já tentei de tudo.
    Um veterano jornalista que entendia tudo de vinho e gastronomia – mas que ironicamente era péssimo com a boca. “Finge que é uma mariscada com Château d’Yquem 1787 e cai de boca, filha da puta” dizia eu, mas nada. Depois, tenho implicância com quem transa de meia. Ele dizia que era má circulação, mas nunca comprei essa falaciosa
    versão.
    Houve um jovem segurança de porte atlético que me colocava no colo, me deitava no solo e me fazia mulher, mas surgiu algo entre nós.
    Oh, Renzo, ele fazia cada fibra de meu ser tremer de prazer, pulsar em descontrole, em uma perdição erótica que fazia rodar as paredes cobertas com papel de parede grená que adornam o quarto onde adormeço, vibro e sonho, por vezes de olhos abertos e acordada.
    Não havia um ponto G – eu era o ponto G do universo e ele o vibrador Eve´s Rabbit, conforme anunciado no pândego seriado “Sex And The City”
    Mas – Oh, desgraça das desgraças, o alvo pó que ele consumia pelas vias respiratórias (seguido de um pequena massagem nas gengivas) fez dele um tresloucado, capaz das mais duras infâmias.
    Fui trocada pelo extrato processado quimicamente das plantas que adornam de verde as vastas florestas bolivianas.
    Aninha, minha BFF, rogou uma praga brava e o menino caiu morto de sunga branca em um estacionamento depois de imperdoáveis excessos.
    Depois veio um jovem mágico. Spoiler alert: Eles são conhecidos pela habilidade com as mãos, mas na hora em que avançamos para o leito conjugal, sua mágica minguava.
    Coloquei-o para fora, com cartola, coelho e baralho marcado. Vai ser David Copperfield na casa do caralho.
    Minha sina é sofrer? Será que jamais encontrarei quem aplaque esta sede que inunda minha fronte de suor nas noites solitárias em que passo decorando os papéis que interpreto e fazem a alegria deste país?
    Será que meu destino é ser amada à distância por milhões e jamais ter um amor fiel, viril e piçudo ao meu lado?
    Tua,
    S.V., Projac

    Cara S.V.
    Vai fazer tricô que passa esse fogo no rabo
    Renzo

    Caro Renzo
    Muitos me veem apenas como uma estrela, o garanhão sedutor de meia idade, com esvoaçantes cabelos grisalhos que fazem mulheres dos 8 aos 80 anos sonharem. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração. Sou dado a experimentações eróticas. O excesso de mulheres em minha vida – felizmente aceito pela incompreensível tolerância de minha ex-esposa – parece ter me anestesiado parcialmente para os prazeres oferecidos pelo sexo frágil. “Been There, Done That”, como diz a primordial obra do rapper da Costa Oeste e produtor musical Dr. Dre.
    E eis que, em busca de novos e inusitados prazeres, sou flagrado em uma festa dionisíaca, onde “gente que é gente se entende”, como cantava o grande Agnaldo Timóteo em “Galeria do Amor”.
    E eis que em meio aos devaneios aos quais me entrego sem limites e onde ninguém é de ninguém, surge um alvo pó que brilhava qual pequenas partículas de diamante e que, uma vez aspiradas, me levavam a um paraíso novo e inédito (novo e inédito é a mesma coisa?), paraíso este em que sou transformado em um ser interessado
    por moças portadoras de curiosos apêndices, dentre os quais salientes pomos de Adão – para não citar outros ainda mais protuberantes.
    Mas, desgraça das desgraças.
    Entretido que estava nos devaneios românticos que arrepiavam minha pele e eriçavam os pelos de minha nuca, sou flagrado pela mais recente invenção do Demônio: aparelhos celulares munidos de câmeras.
    Oh, ironia, das ironias, as mesmas câmeras que me projetaram para o estrelato agora rompiam minha intimidade no momento em que estava prestes a romper minha intimidade – em total intimidade, julgava eu.
    O que faço?
    E os anunciantes que querem romper meus contratos publicitários?
    A.B., Projac

    Caro A. B.
    Deu vontade de dar o rabo, veja se não tem ninguém filmando que você não é a Kim Kardashian.

    Caro Renzo:
    Muitos me veem apenas como uma estrela, um galã maduro que pouco a pouco foi lapidando suas habilidades teatrais e hoje é capaz de expressar qualquer sentimento diante das câmeras – desde que o personagem não tenha muitas emoções para mostrar. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração.
    Já deve ter te acontecido de acordar com sede e não ter.… digamos, água em casa.
    Pois bem, foi mais ou menos o que aconteceu comigo em uma dessas madrugadas. Me vesti rapidamente -e, na desordem do armário embutido (onde meu paletó enlaça o teu vestido e o meu sapato inda pisa no teu), eis que troco minhas viris cuecas samba calção por um ousado fio dental ornado por sedutoras rendas negras.
    Chamo um táxi que me leva ao Morro do Borel para comprar – vá lá – água. Mas me vejo sem um tostão. Os comerciantes de água do morro não entendem direito o conceito de crédito e, como última medida para não perder a viagem, peço uns trocos para o condutor do bólido que, ligeiro e eficiente, atravessou a madrugada carioca.
    Comprei alguns gramas de água e, na volta para meu lar, convidei o motorista para subir, tomar uns drinques e saldar minha dívida.
    Tão grato estava eu pela boa vontade do rapaz que quis oferecer algo além do dinheiro.
    Veja bem, Renzo, eu sou uma estrela. A ilha de Caras movimenta mundos e fundos apenas para que eu nade nas águas plácidas que banham os pequenos arquipélagos de Angra dos Reis.
    Mas o motorista, um ser bruto e sem o menor traquejo social, se recusa a romper minha intimidade e diz que só quer seu dinheiro com uma gorjetinha.
    Humilhado, faço um cheque e o vejo desaparecer de minha vida.
    Porém, desgraça das desgraças, o motorista trai minha confiança e rompe minha intimidade (não da forma que planejei) e vaza um áudio com uma descrição picaresca de nossa noite, anexando o cheque como prova.
    O que faço?
    F.A., Projac

    Caro F.A.
    Na próxima vai de Uber, baitolão
    Atenciosamente,
    Renzo Mora

    Observação: Renzo Mora não é terapeuta licenciado. De fato, desconfiamos que ele seja portador de sérios transtornos mentais. Ninguém deve buscar seu aconselhamento.

    Consultório Sentimental do Dr. Renzo – Edição Celebridades

    Caro Renzo:
    Muitos me veem apenas como uma estrela, com pouca paciência para iniciantes. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração.
    Minha sede de amor nunca é aplacada.
    Já tentei de tudo.
    Um veterano jornalista que entendia tudo de vinho e gastronomia – mas que ironicamente era péssimo com a boca. “Finge que é uma mariscada com Château d’Yquem 1787 e cai de boca, filha da puta” dizia eu, mas nada. Depois, tenho implicância com quem transa de meia. Ele dizia que era má circulação, mas nunca comprei essa falaciosa
    versão.
    Houve um jovem segurança de porte atlético que me colocava no colo, me deitava no solo e me fazia mulher, mas surgiu algo entre nós.
    Oh, Renzo, ele fazia cada fibra de meu ser tremer de prazer, pulsar em descontrole, em uma perdição erótica que fazia rodar as paredes cobertas com papel de parede grená que adornam o quarto onde adormeço, vibro e sonho, por vezes de olhos abertos e acordada.
    Não havia um ponto G – eu era o ponto G do universo e ele o vibrador Eve´s Rabbit, conforme anunciado no pândego seriado “Sex And The City”
    Mas – Oh, desgraça das desgraças, o alvo pó que ele consumia pelas vias respiratórias (seguido de um pequena massagem nas gengivas) fez dele um tresloucado, capaz das mais duras infâmias.
    Fui trocada pelo extrato processado quimicamente das plantas que adornam de verde as vastas florestas bolivianas.
    Aninha, minha BFF, rogou uma praga brava e o menino caiu morto de sunga branca em um estacionamento depois de imperdoáveis excessos.
    Depois veio um jovem mágico. Spoiler alert: Eles são conhecidos pela habilidade com as mãos, mas na hora em que avançamos para o leito conjugal, sua mágica minguava.
    Coloquei-o para fora, com cartola, coelho e baralho marcado. Vai ser David Copperfield na casa do caralho.
    Minha sina é sofrer? Será que jamais encontrarei quem aplaque esta sede que inunda minha fronte de suor nas noites solitárias em que passo decorando os papéis que interpreto e fazem a alegria deste país?
    Será que meu destino é ser amada à distância por milhões e jamais ter um amor fiel, viril e piçudo ao meu lado?
    Tua,
    S.V., Projac

    Cara S.V.
    Vai fazer tricô que passa esse fogo no rabo
    Renzo

    Caro Renzo
    Muitos me veem apenas como uma estrela, o garanhão sedutor de meia idade, com esvoaçantes cabelos grisalhos que fazem mulheres dos 8 aos 80 anos sonharem. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração. Sou dado a experimentações eróticas. O excesso de mulheres em minha vida – felizmente aceito pela incompreensível tolerância de minha ex-esposa – parece ter me anestesiado parcialmente para os prazeres oferecidos pelo sexo frágil. “Been There, Done That”, como diz a primordial obra do rapper da Costa Oeste e produtor musical Dr. Dre.
    E eis que, em busca de novos e inusitados prazeres, sou flagrado em uma festa dionisíaca, onde “gente que é gente se entende”, como cantava o grande Agnaldo Timóteo em “Galeria do Amor”.
    E eis que em meio aos devaneios aos quais me entrego sem limites e onde ninguém é de ninguém, surge um alvo pó que brilhava qual pequenas partículas de diamante e que, uma vez aspiradas, me levavam a um paraíso novo e inédito (novo e inédito é a mesma coisa?), paraíso este em que sou transformado em um ser interessado
    por moças portadoras de curiosos apêndices, dentre os quais salientes pomos de Adão – para não citar outros ainda mais protuberantes.
    Mas, desgraça das desgraças.
    Entretido que estava nos devaneios românticos que arrepiavam minha pele e eriçavam os pelos de minha nuca, sou flagrado pela mais recente invenção do Demônio: aparelhos celulares munidos de câmeras.
    Oh, ironia, das ironias, as mesmas câmeras que me projetaram para o estrelato agora rompiam minha intimidade no momento em que estava prestes a romper minha intimidade – em total intimidade, julgava eu.
    O que faço?
    E os anunciantes que querem romper meus contratos publicitários?
    A.B., Projac

    Caro A. B.
    Deu vontade de dar o rabo, veja se não tem ninguém filmando que você não é a Kim Kardashian.

    Caro Renzo:
    Muitos me veem apenas como uma estrela, um galã maduro que pouco a pouco foi lapidando suas habilidades teatrais e hoje é capaz de expressar qualquer sentimento diante das câmeras – desde que o personagem não tenha muitas emoções para mostrar. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração.
    Já deve ter te acontecido de acordar com sede e não ter.… digamos, água em casa.
    Pois bem, foi mais ou menos o que aconteceu comigo em uma dessas madrugadas. Me vesti rapidamente -e, na desordem do armário embutido (onde meu paletó enlaça o teu vestido e o meu sapato inda pisa no teu), eis que troco minhas viris cuecas samba calção por um ousado fio dental ornado por sedutoras rendas negras.
    Chamo um táxi que me leva ao Morro do Borel para comprar – vá lá – água. Mas me vejo sem um tostão. Os comerciantes de água do morro não entendem direito o conceito de crédito e, como última medida para não perder a viagem, peço uns trocos para o condutor do bólido que, ligeiro e eficiente, atravessou a madrugada carioca.
    Comprei alguns gramas de água e, na volta para meu lar, convidei o motorista para subir, tomar uns drinques e saldar minha dívida.
    Tão grato estava eu pela boa vontade do rapaz que quis oferecer algo além do dinheiro.
    Veja bem, Renzo, eu sou uma estrela. A ilha de Caras movimenta mundos e fundos apenas para que eu nade nas águas plácidas que banham os pequenos arquipélagos de Angra dos Reis.
    Mas o motorista, um ser bruto e sem o menor traquejo social, se recusa a romper minha intimidade e diz que só quer seu dinheiro com uma gorjetinha.
    Humilhado, faço um cheque e o vejo desaparecer de minha vida.
    Porém, desgraça das desgraças, o motorista trai minha confiança e rompe minha intimidade (não da forma que planejei) e vaza um áudio com uma descrição picaresca de nossa noite, anexando o cheque como prova.
    O que faço?
    F.A., Projac

    Caro F.A.
    Na próxima vai de Uber, baitolão
    Atenciosamente,
    Renzo Mora

    Observação: Renzo Mora não é terapeuta licenciado. De fato, desconfiamos que ele seja portador de sérios transtornos mentais. Ninguém deve buscar seu aconselhamento.

    [ssba]

    Consultório Sentimental do Dr. Renzo – Edição Celebridades

    Caro Renzo:
    Muitos me veem apenas como uma estrela, com pouca paciência para iniciantes. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração.
    Minha sede de amor nunca é aplacada.
    Já tentei de tudo.
    Um veterano jornalista que entendia tudo de vinho e gastronomia – mas que ironicamente era péssimo com a boca. “Finge que é uma mariscada com Château d’Yquem 1787 e cai de boca, filha da puta” dizia eu, mas nada. Depois, tenho implicância com quem transa de meia. Ele dizia que era má circulação, mas nunca comprei essa falaciosa
    versão.
    Houve um jovem segurança de porte atlético que me colocava no colo, me deitava no solo e me fazia mulher, mas surgiu algo entre nós.
    Oh, Renzo, ele fazia cada fibra de meu ser tremer de prazer, pulsar em descontrole, em uma perdição erótica que fazia rodar as paredes cobertas com papel de parede grená que adornam o quarto onde adormeço, vibro e sonho, por vezes de olhos abertos e acordada.
    Não havia um ponto G – eu era o ponto G do universo e ele o vibrador Eve´s Rabbit, conforme anunciado no pândego seriado “Sex And The City”
    Mas – Oh, desgraça das desgraças, o alvo pó que ele consumia pelas vias respiratórias (seguido de um pequena massagem nas gengivas) fez dele um tresloucado, capaz das mais duras infâmias.
    Fui trocada pelo extrato processado quimicamente das plantas que adornam de verde as vastas florestas bolivianas.
    Aninha, minha BFF, rogou uma praga brava e o menino caiu morto de sunga branca em um estacionamento depois de imperdoáveis excessos.
    Depois veio um jovem mágico. Spoiler alert: Eles são conhecidos pela habilidade com as mãos, mas na hora em que avançamos para o leito conjugal, sua mágica minguava.
    Coloquei-o para fora, com cartola, coelho e baralho marcado. Vai ser David Copperfield na casa do caralho.
    Minha sina é sofrer? Será que jamais encontrarei quem aplaque esta sede que inunda minha fronte de suor nas noites solitárias em que passo decorando os papéis que interpreto e fazem a alegria deste país?
    Será que meu destino é ser amada à distância por milhões e jamais ter um amor fiel, viril e piçudo ao meu lado?
    Tua,
    S.V., Projac

    Cara S.V.
    Vai fazer tricô que passa esse fogo no rabo
    Renzo

    Caro Renzo
    Muitos me veem apenas como uma estrela, o garanhão sedutor de meia idade, com esvoaçantes cabelos grisalhos que fazem mulheres dos 8 aos 80 anos sonharem. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração. Sou dado a experimentações eróticas. O excesso de mulheres em minha vida – felizmente aceito pela incompreensível tolerância de minha ex-esposa – parece ter me anestesiado parcialmente para os prazeres oferecidos pelo sexo frágil. “Been There, Done That”, como diz a primordial obra do rapper da Costa Oeste e produtor musical Dr. Dre.
    E eis que, em busca de novos e inusitados prazeres, sou flagrado em uma festa dionisíaca, onde “gente que é gente se entende”, como cantava o grande Agnaldo Timóteo em “Galeria do Amor”.
    E eis que em meio aos devaneios aos quais me entrego sem limites e onde ninguém é de ninguém, surge um alvo pó que brilhava qual pequenas partículas de diamante e que, uma vez aspiradas, me levavam a um paraíso novo e inédito (novo e inédito é a mesma coisa?), paraíso este em que sou transformado em um ser interessado
    por moças portadoras de curiosos apêndices, dentre os quais salientes pomos de Adão – para não citar outros ainda mais protuberantes.
    Mas, desgraça das desgraças.
    Entretido que estava nos devaneios românticos que arrepiavam minha pele e eriçavam os pelos de minha nuca, sou flagrado pela mais recente invenção do Demônio: aparelhos celulares munidos de câmeras.
    Oh, ironia, das ironias, as mesmas câmeras que me projetaram para o estrelato agora rompiam minha intimidade no momento em que estava prestes a romper minha intimidade – em total intimidade, julgava eu.
    O que faço?
    E os anunciantes que querem romper meus contratos publicitários?
    A.B., Projac

    Caro A. B.
    Deu vontade de dar o rabo, veja se não tem ninguém filmando que você não é a Kim Kardashian.

    Caro Renzo:
    Muitos me veem apenas como uma estrela, um galã maduro que pouco a pouco foi lapidando suas habilidades teatrais e hoje é capaz de expressar qualquer sentimento diante das câmeras – desde que o personagem não tenha muitas emoções para mostrar. O que eles não sabem, Renzo, é que o que faz de mim uma estrela é a incandescência que brota de meu coração.
    Já deve ter te acontecido de acordar com sede e não ter.… digamos, água em casa.
    Pois bem, foi mais ou menos o que aconteceu comigo em uma dessas madrugadas. Me vesti rapidamente -e, na desordem do armário embutido (onde meu paletó enlaça o teu vestido e o meu sapato inda pisa no teu), eis que troco minhas viris cuecas samba calção por um ousado fio dental ornado por sedutoras rendas negras.
    Chamo um táxi que me leva ao Morro do Borel para comprar – vá lá – água. Mas me vejo sem um tostão. Os comerciantes de água do morro não entendem direito o conceito de crédito e, como última medida para não perder a viagem, peço uns trocos para o condutor do bólido que, ligeiro e eficiente, atravessou a madrugada carioca.
    Comprei alguns gramas de água e, na volta para meu lar, convidei o motorista para subir, tomar uns drinques e saldar minha dívida.
    Tão grato estava eu pela boa vontade do rapaz que quis oferecer algo além do dinheiro.
    Veja bem, Renzo, eu sou uma estrela. A ilha de Caras movimenta mundos e fundos apenas para que eu nade nas águas plácidas que banham os pequenos arquipélagos de Angra dos Reis.
    Mas o motorista, um ser bruto e sem o menor traquejo social, se recusa a romper minha intimidade e diz que só quer seu dinheiro com uma gorjetinha.
    Humilhado, faço um cheque e o vejo desaparecer de minha vida.
    Porém, desgraça das desgraças, o motorista trai minha confiança e rompe minha intimidade (não da forma que planejei) e vaza um áudio com uma descrição picaresca de nossa noite, anexando o cheque como prova.
    O que faço?
    F.A., Projac

    Caro F.A.
    Na próxima vai de Uber, baitolão
    Atenciosamente,
    Renzo Mora

    Observação: Renzo Mora não é terapeuta licenciado. De fato, desconfiamos que ele seja portador de sérios transtornos mentais. Ninguém deve buscar seu aconselhamento.

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/consultorio-sentimental-do-dr-renzo-edicao-celebridades/"]

    O Efeito Dominó dos 90 anos de Tony Bennett

    Anthony Dominick Benedetto, o cantor favorito do colega Francis Albert Sinatra, completou 9 décadas em 3 de agosto sem abandonar o spotlight. Quando não tem o que fazer, Lady Gaga sobe aos palcos com ele e depois tira a roupa para ser pintada pelo mestre, como na foto ao lado.
    Nosso efeito dominó de hoje é com esse gigante.

    Tony Bennett, aos 90 anos, permanece um artista ativo e fundamental como…
    Pablo Picasso (além disso, ambos são pintores, mas esta é outra história), outro que aos 90 anos estava em plena atividade e um dos artistas presentes ao jantar modernista no Majestic de Paris em 1922 ao lado de Proust, Stravinsky e…
    James Joyce, que compareceu ao ágape maltrapilho e bêbado (foi o único encontro entre Proust e Joyce e ambos declaram ignorar a obra um do outro) e escreveu sua obra prima Ulisses baseado na Odisseia do…
    …Poeta Grego Homero, cuja influência na cultura ainda pode ser encontrada no nome que batiza o protagonista dos Simpsons, Homer (na verdade, para ser irritantemente detalhista, o pai do criador é que se chama Homer, mas em homenagem ao grego) …
    …Criado por Matt Groening (filho do Homer de que acabamos de falar. Aliás, Matt também batizou seu filho de Homer, mas isso também é outra história) que, quando levou seus personagens até Nova York, fez com que eles encontrassem o primeiro artista a estrelar a série fazendo o papel dele mesmo…
    Tony Bennett

    O Efeito Dominó dos 90 anos de Tony Bennett

    Anthony Dominick Benedetto, o cantor favorito do colega Francis Albert Sinatra, completou 9 décadas em 3 de agosto sem abandonar o spotlight. Quando não tem o que fazer, Lady Gaga sobe aos palcos com ele e depois tira a roupa para ser pintada pelo mestre, como na foto ao lado.
    Nosso efeito dominó de hoje é com esse gigante.

    Tony Bennett, aos 90 anos, permanece um artista ativo e fundamental como…
    Pablo Picasso (além disso, ambos são pintores, mas esta é outra história), outro que aos 90 anos estava em plena atividade e um dos artistas presentes ao jantar modernista no Majestic de Paris em 1922 ao lado de Proust, Stravinsky e…
    James Joyce, que compareceu ao ágape maltrapilho e bêbado (foi o único encontro entre Proust e Joyce e ambos declaram ignorar a obra um do outro) e escreveu sua obra prima Ulisses baseado na Odisseia do…
    …Poeta Grego Homero, cuja influência na cultura ainda pode ser encontrada no nome que batiza o protagonista dos Simpsons, Homer (na verdade, para ser irritantemente detalhista, o pai do criador é que se chama Homer, mas em homenagem ao grego) …
    …Criado por Matt Groening (filho do Homer de que acabamos de falar. Aliás, Matt também batizou seu filho de Homer, mas isso também é outra história) que, quando levou seus personagens até Nova York, fez com que eles encontrassem o primeiro artista a estrelar a série fazendo o papel dele mesmo…
    Tony Bennett

    [ssba]

    O Efeito Dominó dos 90 anos de Tony Bennett

    Anthony Dominick Benedetto, o cantor favorito do colega Francis Albert Sinatra, completou 9 décadas em 3 de agosto sem abandonar o spotlight. Quando não tem o que fazer, Lady Gaga sobe aos palcos com ele e depois tira a roupa para ser pintada pelo mestre, como na foto ao lado.
    Nosso efeito dominó de hoje é com esse gigante.

    Tony Bennett, aos 90 anos, permanece um artista ativo e fundamental como…
    Pablo Picasso (além disso, ambos são pintores, mas esta é outra história), outro que aos 90 anos estava em plena atividade e um dos artistas presentes ao jantar modernista no Majestic de Paris em 1922 ao lado de Proust, Stravinsky e…
    James Joyce, que compareceu ao ágape maltrapilho e bêbado (foi o único encontro entre Proust e Joyce e ambos declaram ignorar a obra um do outro) e escreveu sua obra prima Ulisses baseado na Odisseia do…
    …Poeta Grego Homero, cuja influência na cultura ainda pode ser encontrada no nome que batiza o protagonista dos Simpsons, Homer (na verdade, para ser irritantemente detalhista, o pai do criador é que se chama Homer, mas em homenagem ao grego) …
    …Criado por Matt Groening (filho do Homer de que acabamos de falar. Aliás, Matt também batizou seu filho de Homer, mas isso também é outra história) que, quando levou seus personagens até Nova York, fez com que eles encontrassem o primeiro artista a estrelar a série fazendo o papel dele mesmo…
    Tony Bennett

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/o-efeito-domino-dos-90-anos-de-tony-bennett/"]

    O Efeito Dominó Olímpico de Michael Phelps

    Michael Phelps é ganhador de medalhas olímpicas de natação como…
    Johnny Weissmuller, nascido János Weißmüller, que ficou famoso por interpretar o Tarzan
    Ao lado de Jane, vivida por Maureen O’Sullivan, que é mãe de…
    Mia Farrow, que disse que poderia ser de Frank Sinatra seu filho com Woody Allen
    …. Que casou Soom-Yi Previn, filha adotiva de Mia com André Previn
    … O maestro que em 1984 foi nomeado diretor musical da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, Califórnia, estado onde nasceu Mark Spitz
    …Nadador olímpico que detinha o recorde de mais medalhas de ouro conquistadas numa mesma olimpíada, que foi superado por…
    Michael Phelps

    O Efeito Dominó Olímpico de Michael Phelps

    Michael Phelps é ganhador de medalhas olímpicas de natação como…
    Johnny Weissmuller, nascido János Weißmüller, que ficou famoso por interpretar o Tarzan
    Ao lado de Jane, vivida por Maureen O’Sullivan, que é mãe de…
    Mia Farrow, que disse que poderia ser de Frank Sinatra seu filho com Woody Allen
    …. Que casou Soom-Yi Previn, filha adotiva de Mia com André Previn
    … O maestro que em 1984 foi nomeado diretor musical da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, Califórnia, estado onde nasceu Mark Spitz
    …Nadador olímpico que detinha o recorde de mais medalhas de ouro conquistadas numa mesma olimpíada, que foi superado por…
    Michael Phelps

    [ssba]

    O Efeito Dominó Olímpico de Michael Phelps

    Michael Phelps é ganhador de medalhas olímpicas de natação como…
    Johnny Weissmuller, nascido János Weißmüller, que ficou famoso por interpretar o Tarzan
    Ao lado de Jane, vivida por Maureen O’Sullivan, que é mãe de…
    Mia Farrow, que disse que poderia ser de Frank Sinatra seu filho com Woody Allen
    …. Que casou Soom-Yi Previn, filha adotiva de Mia com André Previn
    … O maestro que em 1984 foi nomeado diretor musical da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, Califórnia, estado onde nasceu Mark Spitz
    …Nadador olímpico que detinha o recorde de mais medalhas de ouro conquistadas numa mesma olimpíada, que foi superado por…
    Michael Phelps

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/o-efeito-domino-olimpico-de-michael-phelps/"]

    Efeito Dominó com Gisele Bündchen – o melhor das Olimpíadas

    Gisele Bündchen foi a brasileira mais aplaudida das Olimpíadas do Rio ao desfilar ao som de Garota de Ipanema…
    …Composta para Helô Pinheiro, que apesar da cantada musical não deu para o co-autor Vinicius de Moraes
    …Despedido de forma grosseira do serviço diplomático – “Demita-se esse vagabundo”, dizia a ordem assinada pelo General Arthur da Costa e Silva
    … Que teve seu busto em praça pública retirado pela prefeitura de Taquari…
    …Como Saddam Hussein, que teve sua estátua derrubada pelo iraquiano Khadim al-Jabbouri (que mais tarde se arrependeu. Já a retirada da estátua de Costa e Silva não foi lamentada por ninguém), que é mecânico (O Khadim, não o falecido Saddam) como…
    O designer automotivo Chip Foose, a estrela de Overhaulin’, um reality show como…
    America’s Next Top Model, apresentado por Tyra Banks
    Que é uma das poucas übermodels do mundo como…
    Gisele Bündchen

    Efeito Dominó com Gisele Bündchen – o melhor das Olimpíadas

    Gisele Bündchen foi a brasileira mais aplaudida das Olimpíadas do Rio ao desfilar ao som de Garota de Ipanema…
    …Composta para Helô Pinheiro, que apesar da cantada musical não deu para o co-autor Vinicius de Moraes
    …Despedido de forma grosseira do serviço diplomático – “Demita-se esse vagabundo”, dizia a ordem assinada pelo General Arthur da Costa e Silva
    … Que teve seu busto em praça pública retirado pela prefeitura de Taquari…
    …Como Saddam Hussein, que teve sua estátua derrubada pelo iraquiano Khadim al-Jabbouri (que mais tarde se arrependeu. Já a retirada da estátua de Costa e Silva não foi lamentada por ninguém), que é mecânico (O Khadim, não o falecido Saddam) como…
    O designer automotivo Chip Foose, a estrela de Overhaulin’, um reality show como…
    America’s Next Top Model, apresentado por Tyra Banks
    Que é uma das poucas übermodels do mundo como…
    Gisele Bündchen

    [ssba]

    Efeito Dominó com Gisele Bündchen – o melhor das Olimpíadas

    Gisele Bündchen foi a brasileira mais aplaudida das Olimpíadas do Rio ao desfilar ao som de Garota de Ipanema…
    …Composta para Helô Pinheiro, que apesar da cantada musical não deu para o co-autor Vinicius de Moraes
    …Despedido de forma grosseira do serviço diplomático – “Demita-se esse vagabundo”, dizia a ordem assinada pelo General Arthur da Costa e Silva
    … Que teve seu busto em praça pública retirado pela prefeitura de Taquari…
    …Como Saddam Hussein, que teve sua estátua derrubada pelo iraquiano Khadim al-Jabbouri (que mais tarde se arrependeu. Já a retirada da estátua de Costa e Silva não foi lamentada por ninguém), que é mecânico (O Khadim, não o falecido Saddam) como…
    O designer automotivo Chip Foose, a estrela de Overhaulin’, um reality show como…
    America’s Next Top Model, apresentado por Tyra Banks
    Que é uma das poucas übermodels do mundo como…
    Gisele Bündchen

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-gisele-bundchen-o-melhor-das-olimpiadas/"]

    Efeito Dominó com Claudia Cruz

    Claudia Cruz tem os olhos saltados que eram a marca registrada de…
    Marty Feldman, astro de “Jovem Frankenstein” e que morreu durante a gravação de um filme (Yellowbeard, rodado no México) como…
    Paul Walker (em Velozes & Furiosos 7), que era fascinado por carros esportivos como…
    Fernando Collor, que era amigo pessoal de seu tesoureiro de campanha P C Farias
    Que patrocinou a entrada na política de Eduardo Cunha
    Que vem a ser casado com a ex-apresentadora da Rede Globo Claudia Cruz

    Efeito Dominó com Claudia Cruz

    Claudia Cruz tem os olhos saltados que eram a marca registrada de…
    Marty Feldman, astro de “Jovem Frankenstein” e que morreu durante a gravação de um filme (Yellowbeard, rodado no México) como…
    Paul Walker (em Velozes & Furiosos 7), que era fascinado por carros esportivos como…
    Fernando Collor, que era amigo pessoal de seu tesoureiro de campanha P C Farias
    Que patrocinou a entrada na política de Eduardo Cunha
    Que vem a ser casado com a ex-apresentadora da Rede Globo Claudia Cruz

    [ssba]

    Efeito Dominó com Claudia Cruz

    Claudia Cruz tem os olhos saltados que eram a marca registrada de…
    Marty Feldman, astro de “Jovem Frankenstein” e que morreu durante a gravação de um filme (Yellowbeard, rodado no México) como…
    Paul Walker (em Velozes & Furiosos 7), que era fascinado por carros esportivos como…
    Fernando Collor, que era amigo pessoal de seu tesoureiro de campanha P C Farias
    Que patrocinou a entrada na política de Eduardo Cunha
    Que vem a ser casado com a ex-apresentadora da Rede Globo Claudia Cruz

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-claudia-cruz/"]

    Efeito Dominó com o Papa Francisco

    Jorge Mario Bergoglio mudou de nome (para Papa Francisco) no auge da carreira como…
    Prince, que já consagrado quis passar a ser chamado por um símbolo impronunciável …
    e morreu de overdose de anestésicos como seu nêmesis Michael Jackson
    …Que depois da fama fez inúmeras plásticas como….
    Demi Moore, que gastou 850 mil dólares em cirurgias cosméticas (incluindo litros de silicone nos seios para atuar no filme Striptease), que foi casada com…
    Bruce Willis, que empregou o ator Michael Clarke Duncan, que foi segurança antes da fama como…
    O ex-leão de chácara de boate Jorge Mario Bergoglio

    Efeito Dominó com o Papa Francisco

    Jorge Mario Bergoglio mudou de nome (para Papa Francisco) no auge da carreira como…
    Prince, que já consagrado quis passar a ser chamado por um símbolo impronunciável …
    e morreu de overdose de anestésicos como seu nêmesis Michael Jackson
    …Que depois da fama fez inúmeras plásticas como….
    Demi Moore, que gastou 850 mil dólares em cirurgias cosméticas (incluindo litros de silicone nos seios para atuar no filme Striptease), que foi casada com…
    Bruce Willis, que empregou o ator Michael Clarke Duncan, que foi segurança antes da fama como…
    O ex-leão de chácara de boate Jorge Mario Bergoglio

    [ssba]

    Efeito Dominó com o Papa Francisco

    Jorge Mario Bergoglio mudou de nome (para Papa Francisco) no auge da carreira como…
    Prince, que já consagrado quis passar a ser chamado por um símbolo impronunciável …
    e morreu de overdose de anestésicos como seu nêmesis Michael Jackson
    …Que depois da fama fez inúmeras plásticas como….
    Demi Moore, que gastou 850 mil dólares em cirurgias cosméticas (incluindo litros de silicone nos seios para atuar no filme Striptease), que foi casada com…
    Bruce Willis, que empregou o ator Michael Clarke Duncan, que foi segurança antes da fama como…
    O ex-leão de chácara de boate Jorge Mario Bergoglio

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-o-papa-francisco/"]

    Efeito Dominó com Ciro Gomes

    Ciro Gomes propôs o sequestro “cívico” (sim, aparentemente isso existe) de…
    Lula, que seria retirado às escondidas como o comerciante de produtos não aprovados pela ANVISA Fat Family…
    E ficaria exilado como Edward Snowden (Lula ficaria exilado – e não o Fat Family, que tecnicamente não está exilado, embora alguns considerem os morros cariocas como terra estrangeira)- o mesmo Snowden cuja vida virou filme nas mãos de Oliver Stone…
    Que também filmou a biografia de Richard Nixon…
    Que não terminou o mandato como Dilma Rousseff..
    Que nomeou como ministro (relâmpago) da (pun intended) educação (posto que abandonou por – ironicamente – acusações de má educação) Cid Gomes…
    Que é irmão do sequestrador “cívico” potencial (e igualmente acusado de manter uma relação tensa com os bons modos) Ciro Gomes

    Efeito Dominó com Ciro Gomes

    Ciro Gomes propôs o sequestro “cívico” (sim, aparentemente isso existe) de…
    Lula, que seria retirado às escondidas como o comerciante de produtos não aprovados pela ANVISA Fat Family…
    E ficaria exilado como Edward Snowden (Lula ficaria exilado – e não o Fat Family, que tecnicamente não está exilado, embora alguns considerem os morros cariocas como terra estrangeira)- o mesmo Snowden cuja vida virou filme nas mãos de Oliver Stone…
    Que também filmou a biografia de Richard Nixon…
    Que não terminou o mandato como Dilma Rousseff..
    Que nomeou como ministro (relâmpago) da (pun intended) educação (posto que abandonou por – ironicamente – acusações de má educação) Cid Gomes…
    Que é irmão do sequestrador “cívico” potencial (e igualmente acusado de manter uma relação tensa com os bons modos) Ciro Gomes

    [ssba]

    Efeito Dominó com Ciro Gomes

    Efeito Dominó com Ciro Gomes

    Ciro Gomes propôs o sequestro “cívico” (sim, aparentemente isso existe) de…
    Lula, que seria retirado às escondidas como o comerciante de produtos não aprovados pela ANVISA Fat Family…
    E ficaria exilado como Edward Snowden (Lula ficaria exilado – e não o Fat Family, que tecnicamente não está exilado, embora alguns considerem os morros cariocas como terra estrangeira)- o mesmo Snowden cuja vida virou filme nas mãos de Oliver Stone…
    Que também filmou a biografia de Richard Nixon…
    Que não terminou o mandato como Dilma Rousseff..
    Que nomeou como ministro (relâmpago) da (pun intended) educação (posto que abandonou por – ironicamente – acusações de má educação) Cid Gomes…
    Que é irmão do sequestrador “cívico” potencial (e igualmente acusado de manter uma relação tensa com os bons modos) Ciro Gomes

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-ciro-gomes/"]

    Efeito Dominó com Dr. Tomás Turbando

    Dr. Tomás Turbando remete às práticas associadas com Onan…
    … personagem bíblico do Antigo Testamento que para não engravidar a parceira praticava o sexo solitário…
    … Hábito que utiliza as próprias mãos ou, em casos excepcionais, os próprios lábios, como o mestre da auto-felação Ron Jeremy…
    Que apareceu no filme Caça Fantasmas como Bill Murray…
    O mitológico ator que se especializou em aparições inusitadas e bizarras como…
    Zé Eduardo Cardozo, cuja folclórica defesa de Dilma incluiu uma citação a…
    Dr. Tomás Turbando

    Efeito Dominó com Dr. Tomás Turbando

    Dr. Tomás Turbando remete às práticas associadas com Onan…
    … personagem bíblico do Antigo Testamento que para não engravidar a parceira praticava o sexo solitário…
    … Hábito que utiliza as próprias mãos ou, em casos excepcionais, os próprios lábios, como o mestre da auto-felação Ron Jeremy…
    Que apareceu no filme Caça Fantasmas como Bill Murray…
    O mitológico ator que se especializou em aparições inusitadas e bizarras como…
    Zé Eduardo Cardozo, cuja folclórica defesa de Dilma incluiu uma citação a…
    Dr. Tomás Turbando

    [ssba]

    Efeito Dominó com Dr. Tomás Turbando

    Dr. Tomás Turbando remete às práticas associadas com Onan…
    … personagem bíblico do Antigo Testamento que para não engravidar a parceira praticava o sexo solitário…
    … Hábito que utiliza as próprias mãos ou, em casos excepcionais, os próprios lábios, como o mestre da auto-felação Ron Jeremy…
    Que apareceu no filme Caça Fantasmas como Bill Murray…
    O mitológico ator que se especializou em aparições inusitadas e bizarras como…
    Zé Eduardo Cardozo, cuja folclórica defesa de Dilma incluiu uma citação a…
    Dr. Tomás Turbando

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-dr-tomas-turbando/"]

    Efeito Dominó com Inri Cristo

    Inri Cristo faz carreira como cover de Jesus Cristo…
    Que começou a carreira como carpinteiro tal qual..
    Harrison Ford, que construiu o estúdio de Sérgio Mendes…
    Que fez sucesso gravando covers como…
    Ray Conniff, cujo som de gosto duvidoso conta com um precário coral feminino como as versões pop que celebram a obra evangelizadora de…
    Inri Cristo

    Efeito Dominó com Inri Cristo

    Inri Cristo faz carreira como cover de Jesus Cristo…
    Que começou a carreira como carpinteiro tal qual..
    Harrison Ford, que construiu o estúdio de Sérgio Mendes…
    Que fez sucesso gravando covers como…
    Ray Conniff, cujo som de gosto duvidoso conta com um precário coral feminino como as versões pop que celebram a obra evangelizadora de…
    Inri Cristo

    [ssba]

    Efeito Dominó com Inri Cristo

    Inri Cristo faz carreira como cover de Jesus Cristo…
    Que começou a carreira como carpinteiro tal qual..
    Harrison Ford, que construiu o estúdio de Sérgio Mendes…
    Que fez sucesso gravando covers como…
    Ray Conniff, cujo som de gosto duvidoso conta com um precário coral feminino como as versões pop que celebram a obra evangelizadora de…
    Inri Cristo

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-inri-cristo/"]

    Efeito Dominó com o Japonês da Federal

    Newton Ishii virou máscara de carnaval como…
    Nestor Cerveró, que fez delação premiada como…
    Judas Iscariotes, que se suicidou como…
    Marilyn Monroe, que teve um caso com John Kennedy…
    Que foi espionado por John Edgar Hoover…
    O veterano travesti que foi um dos rostos mais conhecidos da polícia federal de seu tempo como…
    Newton Ishii

    Efeito Dominó com o Japonês da Federal

    Newton Ishii virou máscara de carnaval como…
    Nestor Cerveró, que fez delação premiada como…
    Judas Iscariotes, que se suicidou como…
    Marilyn Monroe, que teve um caso com John Kennedy…
    Que foi espionado por John Edgar Hoover…
    O veterano travesti que foi um dos rostos mais conhecidos da polícia federal de seu tempo como…
    Newton Ishii

    [ssba]

    Efeito Dominó com o Japonês da Federal

    Newton Ishii virou máscara de carnaval como…
    Nestor Cerveró, que fez delação premiada como…
    Judas Iscariotes, que se suicidou como…
    Marilyn Monroe, que teve um caso com John Kennedy…
    Que foi espionado por John Edgar Hoover…
    O veterano travesti que foi um dos rostos mais conhecidos da polícia federal de seu tempo como…
    Newton Ishii

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-o-japones-da-federal/"]

    Efeito Dominó com Fulano (Nome Suprimido por Razões Legais)

    Fulano dava em cima da cunhada como Palhares, o cunhado mau caráter criado por Nelson Rodrigues
    Que sofreu de tuberculose como Edgar Allan Poe
    Que durante sua vida foi conhecido sobretudo como crítico literário, tal qual Harold Bloom
    Que focou seu trabalho em William Shakespeare
    Cujo maior intérprete moderno foi Sir Laurence Olivier
    Que teve seu estilo imitado (fazendo Ricardo III, nada menos) na leitura de A Hard Day’s Night por…
    Peter Sellers, que foi casado com Britt Ekland, que se tornou amante de
    Rod Stewart, que usava cocaína em supositórios como…
    Fulano

    Efeito Dominó com Fulano (Nome Suprimido por Razões Legais)

    Fulano dava em cima da cunhada como Palhares, o cunhado mau caráter criado por Nelson Rodrigues
    Que sofreu de tuberculose como Edgar Allan Poe
    Que durante sua vida foi conhecido sobretudo como crítico literário, tal qual Harold Bloom
    Que focou seu trabalho em William Shakespeare
    Cujo maior intérprete moderno foi Sir Laurence Olivier
    Que teve seu estilo imitado (fazendo Ricardo III, nada menos) na leitura de A Hard Day’s Night por…
    Peter Sellers, que foi casado com Britt Ekland, que se tornou amante de
    Rod Stewart, que usava cocaína em supositórios como…
    Fulano

    [ssba]

    Efeito Dominó com Fulano (Nome Suprimido por Razões Legais)

    Fulano dava em cima da cunhada como Palhares, o cunhado mau caráter criado por Nelson Rodrigues
    Que sofreu de tuberculose como Edgar Allan Poe
    Que durante sua vida foi conhecido sobretudo como crítico literário, tal qual Harold Bloom
    Que focou seu trabalho em William Shakespeare
    Cujo maior intérprete moderno foi Sir Laurence Olivier
    Que teve seu estilo imitado (fazendo Ricardo III, nada menos) na leitura de A Hard Day’s Night por…
    Peter Sellers, que foi casado com Britt Ekland, que se tornou amante de
    Rod Stewart, que usava cocaína em supositórios como…
    Fulano

    [ssba url="http://www.republicadosbananas.com.br/efeito-domino-com-fulano-nome-suprimido-por-razoes-legais/"]